Com belas imagens, fotógrafo une registros antigos e atuais do Rio

Augusto Malta teve seu nome marcado entre os mais importantes fotógrafos brasileiros. Atuou como responsável pelos registros imagéticos oficiais do Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Malta documentou diversas transformações ocorridas à época da gestão de Pereira Passos, no início do século XX.

Algumas de suas imagens foram mescladas com as do fotógrafo e designer Marcello Cavalcanti. Explorando os mesmos ângulos, com panorama atual, Marcello consegue trazer à memória um Rio que apaixona pelo seu passado e presente.

Como introdução às fotografias, um breve soneto:

Soneto Introdutório
Osvaldo Orico

Depois de ver os mundos que criara,
Cheios de força, cheios de esplendor,
Deus, em certa manhã formosa e clara,
Não bastando ser Deus, fez-se pintor.
Quis dar à vida outro primor,
E com as tintas que o Éden pintara,
Pôs em quadro de cumes e de cor
A curvatura azul da Guanabara.
É assim, oh!, viandante deslumbrado!,
Que vês, de longe, sobre o Corcovado,
O criador em sua pintura estranha;
E miras rutilante de beleza,
Cristo desabrochar da Natureza,
Como um lírio de luz sobre a montanha.

Imagens mescladas do Rio  (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Imagens mescladas do Rio (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Rio antigo e atual  (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Rio antigo e atual (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Arcos da Lapa  (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Arcos da Lapa (Foto: Augusto Malta e Marcello Cavalcanti)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s